O que aprendi com Emanuel Ungaro

by marianakuenerz

Image

Quando morei em Paris, tive a oportunidade de trabalhar para Emanuel Ungaro. Seu atelier era na Avenue Montaigne e da janela da sala que eu trabalhava podia ver a Torre Eiffel, um lugar muito lindo! Na época, Ungaro ainda fazia a alta costura da marca, mas não mais o prêt-à-porter, que era de responsabilidade do Giambatistta Valli. 

Image

Ungaro foi um grande contribuidor para a moda. Ele criava vestidos com emoção e sentimento, sempre valorizando o corpo de cada mulher. Isso eu busco em todos os meus modelos. Ele também usava muita estampa, plissados, drapeados e renda. Dizia que: “não se deve vestir um vestido, deve-se habitá-lo”. A modelagem sempre foi perfeita e os acabamentos impecáveis.

O atelier de alta costura  tinha uma equipe grande. Eram feitos manequins nas medidas das clientes para que elas não precisassem fazer muitas provas de roupa. Muitas delas eram princesas e nobres, ou mulheres de homens muito ricos do oriente médio que usavam as roupas somente para os seus maridos.

Image

Advertisements